A cidade de Buffalo e regiões próximas, no estado americano de Nova York, recebeu mais de 1,80m de neve desde quinta-feira, durante uma incrível tempestade de neve que devastou a região. Esse volume é o equivalente ao que a região receberia durante uma estação inteira.

Anúncio
De acordo com o National Weather Service, a área está atingindo níveis recorde de queda de neve em um período de 24 horas (1,93m). Com várias estradas interditadas, casas cobertas por neve e mais nevascas previstas para os próximos dias, algumas cidades estão literalmente congeladas.


A pilha enorme de neve impediu várias pessoas de sequer abrir a porta de casa. Em casos mais extremos, a neve chegou a quebrar janelas e portas.



As autoridades agiram na tentativa de liberar as ruas e estradas o mais rápido possível, e no atendimento de casos de emergência de centenas de pessoas que ainda estavam presas dentro de suas casas e carros. Infelizmente, até alguns veículos de emergência foram impedidos de locomover-se devido ao bloqueio de várias ruas.

A imagem abaixo, publicada no Twitter, mostra um grupo de bombeiros carregando um paciente por 10 quarteirões até o hospital South Buffalo Mercy. 


Apesar dos tremendos esforços em casos de regate, várias mortes foram registradas relacionadas à tempestade nos últimos dois dias. Uma foi vítima de um acidente de trânsito enquanto outras três sofreram parada cardíaca na tentativa de remover a neve da entrada de suas casas.

A grande tempestade de neve é consequência do "efeito lago", comum na região dos Grandes Lagos. Ela ocorre quando ventos frios atravessam regiões de lagos com águas mais quentes,  criando condições de nevasca em áreas fixas e de alta concentração.

Como resultado, uma dramática barreira (um "muro de neve") fica visível entre o centro da tempestade e suas extremidades.



A tempestade deve continuar por todo o fim de semana, com possível alta de temperatura no sábado.