Você vai adorar esta estória fictícia.


Um homem extremamente bonito decidiu que ele tinha a responsabilidade de casar-se com a mulher perfeita, para produzir crianças lindas sem igual.

Com esta missão, ele começou a procurar pela mulher perfeita.
Anúncio
Pouco tempo depois, ele conheceu um homem que tinha três filhas lindas, que certamente tiravam seu fôlego.

Então ele explicou sua missão ao fazendeiro e pediu permissão para casar-se com uma delas.

O fazendeiro respondeu "Elas querem casar, então o senhor veio ao lugar certo. Dê uma olhada e escolha a que preferir".

Naquela noite, o homem levou a primeira mulher para sair. No dia seguinte, o fazendeiro perguntou o que o homem achou dela.

"Bem," disse o homem, "ela tem os dedos do pé um pouquiiiiiiiinho desalinhados".

O fazendeiro confirmou com a cabeça e sugeriu que o homem levasse outra de suas filhas para sair. Então o homem saiu com a segunda filha.

No dia seguinte, o fazendeiro perguntou mais uma vez o que o homem achou.

"Bem," respondeu o homem, "mal dá para perceber, mas ela é um pouquiiiiiiiinho vesga".

O fazendeiro confirmou com a cabeça e sugeriu que o homem levasse sua terceira filha para sair, para ver se seria melhor. Então ele o fez.

Na manhã seguinte, o homem chegou animadíssimo "Ela é perfeita! Simplesmente perfeita! É com ela que eu quero me casar".

Então eles casaram-se imediatamente. Meses depois, seu filho nasceu.

Quando o homem foi até o berçário, ficou horrorizado. Aquele era o bebê mais feio que já existiu em todos os tempos.

Ele correu até seu sogro e perguntou como isso pode ter acontecido, visto que tanto o pai quanto a mãe eram lindos. "Bem," explicou o pai, "ninguém diria, mas ela estava um pouquiiiiiiiinho grávida quando você a conheceu".