No dia 22 de abril de 1913, a Ladies Aid Society e a First Lutheran Church da cidade de Oklahoma, no estado de Oklahoma, enterraram um baú nas fundações da igreja. 100 anos depois, a cápsula do tempo estava pronta para ser aberta.

Anúncio
Foram necessárias 11 horas para concluir a escavação do baú, que recebeu o carinhoso apelido de "Baú Centenário", mas seu conteúdo valeu a pena.

O primeiro item a ser removido do baú foi uma cópia do The Daily Oklahoman.

Uploading...

Havia um telefone feito pela Pioneer Telephone and Telegraph.

Uploading...

Havia também itens para uso diário, como esta lata de café.

Uploading...

Para o encanto de todos, roupas e uma revista de moda também foram guardados na cápsula. Elas estavam em excelente estado de conservação. Quando tiraram da caixa um par de sapatos de couro polidos, foi possível até ouvir as pessoas engasgadas de surpresa, tudo em perfeito estado.
 
Uploading...

As descobertas mais interessantes, entretanto, foram as mensagens e cartas.
Uploading...

Havia muitas cartas de comitês a seus futuros membros, mas o pacote mais interessante continha cartas de residentes cegos da cidade de Oklahoma de 1913 destinadas aos cegos de hoje.

Uploading...

Havia até mensagens em áudio e músicas, além de um fonógrafo de Edison para poder reproduzi-las.

Uploading...

Uploading...

As Nações Choctaw e Chickasaw também foram patrocinadoras da cápsula do tempo. Esta é uma Bíblia traduzida para Choctaw.

Uploading...

Eles encontraram também uma cópia da Constituição da Nação Chickasaw e um prato com o Selo Da Nação Chickasaw pintado por Julia Chisholm Navenport, sobrinha do governador W.H. Johnson, da Nação Chickasaw.

Uploading...

A cápsula do tempo inclui também uma caneta usada pelo presidente William McKinley na assinatura do projeto de lei "Free Homes" de Oklahoma, uma colher feita de osso de búfalo e uma garrafa cheia de trigo de Oklahoma. A coleção inteira está exposta no Centro Histórico de Oklahoma.

O que você colocaria em uma cápsula do tempo para que fosse aberta depois de um século? Deixe seu comentário abaixo!