A aguardada decisão do grande juri de não indiciar Darren Wilson, o policial branco que atirou e matou um adolescente negro desarmado chamado Michael Brown, causou uma enorme reação no povo da cidade de Ferguson que ressoou em todos os Estados Unidos.

Anúncio
O prefeito James Knowles falou em uma coletiva de imprensa na última terça-feira que estava preocupado com uma possível noite de agitação e destruição. Ele pediu que o governador do estado de Missouri, Jay Nixon, enviasse membros da Guarda Nacional até Ferguson para oferecer suporte aos oficiais locais nas noites seguintes.


Uma noite de protestos e tumultos assolou o subúrbio de St. Louis.



O comércio foi vandalizado. Carros e edifícios foram incendiados e mais de cem disparos foram efetuados.


61 pessoas foram detidas sob acusação de roubo e invasão. Enquanto isso, milhares de manifestantes foram às ruas em outras cidades, incluindo LA, Nova York e Oakland.


Muitos donos de lojas menores voltaram ao trabalho na manhã de terça-feira e descobriram que suas fachadas haviam sido destruídas por manifestantes.


Outros foram destruídos completamente.


Com a previsão de mais tumultos, o governador do estado de Missouri, Jay Nixon, enviou mais membros da Guarda Nacional a Ferguson para ajudar a conter a violência nas ruas.